20080903

Carta ao Anônimo

Prezado Sr. Anônimo,



Dentro das possibilidades da escrita, gostaria de enumerar algum pontos que deliberamente tenho vontade de falar à todos os anônimo interativos.
Em primeiro lugar, gostaria de agradecer sua participação, em meu blog, uma vez que este nunca foi visitado por um sem nome anteriormente. Aqui todos tem a possibilidade de expressar sua liberdade de pensamento. Penso, logo que uma vez anônimo, deveria pensar previamente em um pseudonimo capaz de liberar seu conceito insigth de vida. Todos os que se dizem nulos, nao possuem o direito de respostas.
Em segundo lugar, o sofriemnto, tristeza e falta são caractéres contidos em em outras línguas. Em português falamos de saudade. Sentimento único e sentido por todos nós e que deve ser críticado de forma conciente. Antes de expressar-se lembre de consultar o livro que a contém, nao se esquecendo tudo tem um porque; por quê?
E em terceiro lugar, palavras e emoçoes, nâo definem uma forma de vida e muito menos com nos portamos em frente as dificuladades do dia a dia. O jardim só flore após alguns meses e as borboletas só os visitam depois de algumas florecências. A detertminação de uma pessoa nao se pode julgar a primeira vista.

Logo, plante suas flores cultive seu jardim, e venha opinar sobre a dificuldade de uma poda ou o estagios de florecencia de um determindado ser. E lembre-se que as vezes possuimos a oportunidade de ver e sentir o nascer de uma flor que por sua vez foi cultivada durante anos. A esperaça o ato de esperar nos fortalece e nos faz compreender diversos estagios do crescimento. Potanto cultive. Dia após dia e obtenha surpresas boas e ruim. Nem sempre o que falamos é realmente o que gostariamos de dizer, a oportunidade não é bossa nova. é um eletro que tem que ser cravado insistentemente.
Hoje vivemos no concreto.

Sorria !

Meus melhores sentimentos

Liberté

3 comentários:

Patrícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

olha o meu comentário provocou movimento neste blogue que bom...
bom, esperar que flores cresçam no deserto é cruel
seja menos Pollyanna, moça.
sou seu fã, venho desde sempre e como eu existem muitas pessoas interessantes por aí...
esteja atenta pois no futuro o deserto pode vir a ser você
coloque fitas do bomfim sim,
mas em você mesma...
e peça lucidez, maturidade, uma vida que você merece, um amor verdadeiro
eu sou seu fã, te desejo tudo isto
platonismo adoece
esperanças eternas adoecem
peça ao seu gato branco coisas inteiras e não migalhas e pedaços de olho
olhe para você ...cuide de você...
abraços + beijos de seu fã

liberté disse...

obrigada.

sua opnião, tem grande valia. Não a dispenso no meu Oasis.

E em tempos modernos, não tenha a pretençao de que dedico meu tempo ocioso, imaculando as ideias do banquete.
sem mais delongas.
;