20080414




que tudo seja como um fragmento do discurso de amor
em que me integro a sua vida,
como um delírio apaixonado
para poder ao mesmo tempo liberta-lo.
de sua eterna gradiva.

2 comentários:

Cris Moreno disse...

Caramba. Como dói isso. Na alma.

Beijos.

liberté disse...

discordo, de certas poesias, e discursos, sobre a verdade da realidade, principalmente nos tempos em que vivemos. Certas horas utopias nervosas, sao constantementem verdade como controle sonhos ou a aplicaçao deles em histórias.
Este sim é o sentido de ser fada!

Sempre bom ter vc aqui, sua presença dá um leve sorriso de contentaçao.
Obrigada!