20070302

Inevitável Realidade

Depois de conhecer um certo moço, invernei em uma realidade utópica que para mim era uma realiade a ser perseguida, entre contos, poesias, festas e personagens, essa história me alimentou durante alguns anos, mesmo depois da separação. Percebi, ontem como minha condição é difícil. Sem emprego, sem amigos, ou influências sou apenas mais uma brasileira de sonhos atrofiados, que foi treinada para sobrevivência. Que é julgada pela aparência, que por falar nela não tenho me ajustado com ela mesma. Vi que vou ter de fazer um esforço sobre humano para me revelar de ambiente predador. E este moço, hoje está tão longe e não liga muito para nossa amizade. Pelo menos percebi que a história de amor deve ter acabado, e o conjunto que faz também se dezfez, tenho que aceitar essas separações com mais normalidade, talvez por não aceitar a falta que um pai e uma mãe me fizeram, mesmo nunca imaginando meus pais juntos, hoje tento compensar a convivência, tento aprender um pouco sobre os dois. Sobre minha história, mas fui arrogante no passado, e agora sofro as consequências, no fim tenho que melhorar é minha aparência no espelho, assim posso espelhar mais pessoas....

Um comentário:

Caiocito disse...

Hai caiocito

O que aprendi?
bastante
com meu passado arrogante.

quanto ao espelho, eu só não quero envelhecer gordo.